Saúde do Homem

Saiba aqui cuidados essenciais para evitar queda em idosos

dezembro 17, 2018
Tempo de leitura 3 min

A queda em idosos é um dos acidentes mais comuns com pessoas nesta faixa etária. Isso acontece porque com o passar dos anos a estrutura muscular e óssea fica debilitada, e, combinados com outros fatores de risco — como remédios e sapatos inadequados —, as chances de ocorrer podem aumentar.

Pensando nisso, criamos este post com alguns cuidados essenciais para evitar queda em idosos. Confira!

Fatores de risco

Existem diversos fatores de risco quando falamos sobre quedas em idosos, e eles podem ser tanto internos quanto externos.

Os fatores internos correspondem principalmente a doenças, como a perda de massa muscular, já que com o passar dos anos o corpo perde massa progressivamente, e isso deixa a pessoa mais fraca. O uso de medicamentos que alteram os níveis de consciência, problemas nas articulações e perda de visão são outras doenças que podem levar a quedas.

Os fatores externos, por sua vez, constituem no ambiente que a pessoa está inserida. O uso de sapatos errados, o índice de atividades dentro de casa, a existência de pisos escorregadios e a iluminação inadequada são alguns motivos que podem levar à queda.

Consequências

As quedas em idosos podem ter consequências graves. Além de sequelas externas, esse tipo de acidente pode levar a problemas psicológicos, como o medo de cair novamente, restrições de atividades, falta de vontade de se movimentar, perda de autoconfiança e declínio da saúde mental.

Já os efeitos externos podem ser fraturas (como as de quadril, joelhos, fêmur e pulso), lesões internas, traumatismo craniano, lesões nas articulações e até a morte. Algumas dessas sequelas podem levar a internações e períodos de repouso, ou até mesmo a necessidade de um cuidador.

Prevenção

Prevenir-se é sempre o melhor remédio e, no caso de quedas em idosos, não poderia ser diferente. Tendo em vista que o local onde grande parte desses acidentes ocorrem é dentro de casa, algumas adaptações são necessárias. Abaixo, listamos alguns cuidados que podem ajudar a evitar quedas.

Manter o ambiente adaptado

Instalar pisos antiderrapante e corrimãos (especialmente em banheiros, perto da cama e corredores), evitar tapetes, objetos espalhados e degraus pela casa são boas práticas. Além disso, invista em iluminação para manter a casa clara e sem sombras e cubra os móveis de quina viva.

Praticar atividades físicas

Ao realizar exercícios, mantemos e ganhamos mais força e massa muscular, o que ajuda a evitar quedas. Além disso, atividades físicas auxiliam na flexibilidade, equilíbrio e saúde dos ossos. Algumas atividades recomendadas para idosos são pilates, caminhadas, hidroginástica e musculação (com a devida supervisão).

Fazer fisioterapia

Esta dica é importante especialmente para quem já tem algum tipo de limitação na mobilidade. A fisioterapia auxilia na postura, flexibilidade, equilíbrio e marcha. Além disso, as consultas proporcionam instruções de cuidados na hora de levantar, sentar e na transferência de cômodos.

Ter acompanhamento médico, usar calçados bem ajustados e com saltos menores do que 2 cm, ter uma dieta equilibrada e tratar possíveis problemas de visão são mais alguns cuidados que podem ajudar a evitar este tipo de acidente.

Por fim, é válido mencionar que após a ocorrência de uma queda em idosos o recomendado é procurar um especialista para ter certeza de que não houve nenhum dano interno.

E aí, o que achou de conhecer mais sobre os cuidados essenciais para evitar quedas em idosos? Pretende colocar em prática? Aproveite e comente aqui no post qual dica você achou mais interessante.

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário

Scroll Up