Dieta e Nutrição

Intolerância à lactose? Saiba como proceder!

fevereiro 8, 2019
Tempo de leitura 6 min

A intolerância à lactose, também conhecida como deficiência de lactose, é uma insuficiência de produção da enzima lactase, a qual é responsável por fazer a digestão do açúcar de todos os alimentos derivados de leite.

A quantidade de enzima produzida varia de organismo para organismo e, em alguns casos, ela é completamente nula! Por isso, existem diversos níveis de intolerância à lactose, e quanto menor for a produção da enzima lactase, mais intensos serão os sintomas.

Você acha que tem intolerância à lactose? Então continue com a leitura! Neste texto, explicaremos tudo o que você precisa saber sobre esse problema. Confira!

Como detectar a intolerância à lactose?

Quem sofre de intolerância à lactose sente uma série de desconfortos ao ingerir um alimento rico em leite, mas esses sintomas são muito genéricos e podem ser facilmente confundidos com os sintomas de alguma outra doença.

Por isso, em vez de se autodiagnosticar com intolerância à lactose, o indicado é que você vá até um médico e peça para que ele realize um exame que realmente comprove a sua deficiência na produção de lactase. Esses são os testes que detectam a intolerância:

Exame de fezes

Esse exame consiste em medir o nível de acidez (a lactose não ingerida pelo organismo produz ácido lático) das fezes para, assim, detectar a intolerância. O exame é realizado principalmente em crianças e bebês.

Teste do ar expirado

O paciente deve ingerir um líquido com grande quantidade de lactose, em seguida o médico medirá a presença de hidrogênio no ar expelido pelo paciente.

Exame de sangue

Assim como no exame acima, o paciente deve ingerir um líquido rico em lactose para então realizar o exame, assim o médico poderá medir a quantidade de glicose presente no sangue.

Biópsia do intestino

Coleta-se uma pequena amostra do tecido do intestino para ser analisada pelo microscópio, então será examinada a presença ou ausência de células que indicam a intolerância à lactose. Esse exame é o menos escolhido por ser muito invasivo.

Caso a intolerância à lactose seja de fato detectada, o paciente precisará mudar toda a sua rotina assim como seus hábitos alimentares, caso contrário, ele continuará sentindo dores e desconfortos.

Quais são os sintomas da intolerância à lactose?

Como já foi dito, cada corpo reage de um jeito, ou seja, nem todo mundo sente os sintomas nas mesmas proporções. Conheça os problemas mais comuns causados pela intolerância à lactose:

Diarreia

A diarreia é a mais comum. Devido à insuficiência da enzima lactase, o açúcar presente no leite não é quebrado durante a digestão, chegando inteiro e intacto no intestino. As bactérias que compõe a flora intestinal promovem a fermentação da lactose, transformando-a em ácido lático, que não faz bem para as paredes do órgão. Como uma forma de defesa, o organismo induz a diarreia para que o ácido seja eliminado o mais rápido possível.

Dores abdominais

As dores abdominais, ou cólicas, estão geralmente associadas ao sintoma de diarreia. Durante a fermentação da lactase no intestino, ocorre a formação de gases que se movimentam dentro do órgão, o que causa as tão terríveis dores abdominais. Alguns pacientes sentem uma dor leve que passa em questão de minutos, outros precisam correr para o pronto-socorro e tomar medicação na veia para eliminar a dor.

Prisão de ventre

A prova de que cada corpo reage de maneira diferente a esse tipo de intolerância, é que alguns indivíduos têm prisão de ventre, em vez de diarreia ao ingerir um alimento rico em leite. Isso depende de como o intestino da pessoa reage à presença de lactase.

Náuseas e vômitos

Esses sintomas aparecem em pacientes que têm uma rejeição maior ao açúcar do leite, ou seja, quanto maior é a intolerância mais graves serão os sintomas. O corpo tenta expelir a lactose a todo custo, por isso os enjoos e vômitos acontecem.

Inchaço

A pessoa que tem intolerância à lactose mas, por teimosia, ingere algum alimento que tenha leite, costuma ficar inchada e com a barriga rígida. Isso porque a fermentação da lactase gera gases. Como foi dito, a grande presença de gases intestinais deixa o paciente inchado.

Como conviver com a intolerância?

Para algumas pessoas, viver sem leite pode parecer impossível, mas, na verdade, os indivíduos com intolerância à lactose conseguem viver tranquilamente sem abrir mão de nenhum prazer. Essas são as melhores formas de se lidar com a intolerância:

Carregue cápsulas de lactase com você

As cápsulas de lactase contêm a enzima necessária para a quebra do açúcar do leite. Portanto, a pessoa intolerante que deseja ingerir algum alimento rico em leite deve tomar uma dessas capsulas para diminuir os sintomas da intolerância. A capsula é ingeria junto com o alimento, para que o efeito seja mais eficiente. Como essa é uma alternativa um tanto cara, recomenda-se que os intolerantes usem as capsulas em momentos especiais, como festas e viagens.

Prepare a sua comida

Muitos pratos levam leite, então se você se sente incomodado de, toda vez, pedir para a pessoa que está cozinhando tirar o leite da comida, faça você mesmo! Assim, você pode preparar o que quiser sem adicionar o leite.

Essa dica também serve para quem costuma almoçar no trabalho. Leve o seu almoço, lanche ou jantar. Todas as pessoas que têm alguma restrição alimentar são praticamente obrigadas a carregarem sua refeição, pois é difícil achar na rua algum lugar que atenda às suas necessidades alimentícias.

Experimente produtos zero lactose

O número de pessoas intolerantes à lactose só aumenta, as marcas enxergaram esse problema e decidiram criar produtos que possam ser consumidos por essas pessoas intolerantes. Hoje, você consegue encontrar cremes de leite, leite condensado e até leites zero lactose. Essa é uma boa opção para você que sente falta de comer um doce que tenha como base o leite, como o pudim.

Use outro tipo de leite

O leite de vaca não é o único que existe. A melhor opção é substituir o leite animal pelo leite vegetal, principalmente na hora de preparar alguma receita de bolo ou massa. Algumas opções de leite vegetal são o leite de coco, de soja, de amêndoas, de aveia e vários outros.

Viver com intolerância à lactose não é uma tarefa impossível, mas para isso, você precisa conhecer o seu corpo. Perceba como seu organismo reage ao leite, quais sintomas você sente, qual alimento causa mais reação, tudo isso importa. Lembre-se sempre de visitar o médico e de seguir as dicas deste texto!

Quer ficar por dentro de todo conteúdo produzido pela Partmed Saúde? Então se inscreva no nosso canal do Youtube e também nos siga nas redes sociais: Facebook e Instagram!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário

Scroll Up