Exames para homens: quais os principais exames em cada etapa da vida?

Tempo de leitura 6 min

Infelizmente, a maioria dos homens não procura os serviços de saúde para se prevenir contra doenças. De acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia, cerca de 50% deles procuram urologistas apenas por pressão das mulheres. Inclusive, boa parte ignora os exames para homens que devem ser feitos em cada fase da vida.

Isso não significa que o problema seja a falta de conhecimento em si sobre a importância de se prevenir doenças e fazer o diagnóstico logo no início. Mas, sim, o fato de optarem por evitar o assunto, tanto por descaso quanto por puro preconceito.

No entanto, essa pode ser uma atitude perigosa, uma vez que o diagnóstico precoce ajuda no tratamento de doenças que podem até levar à morte. Ou seja, é fundamental ficar atento aos exames masculinos que devem ser realizados para a investigação de diversos problemas de saúde.

Neste post, apresentamos uma lista com os principais exames para homens que devem ser feitos em diferentes etapas da vida. Continue a leitura e saiba quais você deve colocar em dia!

Até os 20 anos

Até os 20 anos de idade, os meninos não precisam fazer tantos exames específicos. Nessa faixa etária, são raras as doenças que surgem depois do nascimento e não são diagnosticadas por procedimentos simples e rotineiros, como os exames de fezes, urina e sangue.

Porém, isso depende muito do histórico familiar. É o caso de crianças que já são naturalmente propensas à hipertensão e ao diabetes, cuja pressão arterial e o índice glicêmico devem ser monitorados constantemente.

Também é preciso ficar atento a outros fatores, como a dificuldade para enxergar, o peso acima do normal, etc. Os testículos, por exemplo, devem passar pelo autoexame sempre para verificar a presença de nódulos que podem até se tornar um câncer.

Entre 20 e 30 anos

Com o término definitivo da puberdade, muitas alterações físicas que podem gerar problemas de saúde começam a se estabilizar.

No entanto, é hora de começar a se preocupar com outras questões. Muitas doenças que perdurarão por toda a vida manifestam-se nessa fase. É o caso das doenças crônicas, como hipertensão e diabetes, que podem surgir já nessa idade.

Com o aumento da atividade sexual, também cresce a preocupação com as ISTs, que englobam o HIV e a hepatite B. Portanto, é necessário submeter-se a exames periódicos que detectam essas doenças e também adotar medidas preventivas, como o uso de preservativos.

Dos 30 aos 40 anos

Além de todos os exames para homens realizados na faixa etária anterior, a partir dos 30, é hora de prestar ainda mais atenção às mudanças físicas do corpo. Isso porque é nessa fase que a produção de hormônios começa a se estabilizar. Ou seja, é preciso continuar a fazer os procedimentos indicados anteriormente e começar a realizar outros.

Assim, deve-se monitorar mais de perto a pressão arterial, a glicemia e, principalmente, o colesterol. Isso se torna necessário pois há maior disposição a doenças como a diabetes, a hipertensão arterial e a hipercolesterolemia, que podem ser evitadas ou monitoradas por meio da realização de exames. Portanto, além da examinação do sangue, é importante fazer testes ergométricos e cardíacos.

É bom destacar que doenças como a hipertensão arterial e o diabetes, além de dependerem, muitas vezes, de uma propensão genética, são motivados pelo estilo de vida. E é nessa fase que muitas atitudes podem ser determinantes para a saúde do homem no futuro.

Dos 40 aos 50 anos

Chegou o momento tão temido pelos homens! Se antes já era necessário observar qualquer alteração na região dos órgãos genitais, a partir dos 40 é hora de começar a fazer o exame preventivo do câncer de próstata.

É fundamental realizar o procedimento pela primeira vez aos 40 anos, repetindo por volta dos 45. No entanto, se existir um histórico familiar de câncer na próstata ou em outras partes do corpo, é necessário fazer os exames todos os anos.

O câncer de próstata pode ser detectado por meio do toque, ultrassom e exame de PSA. O PSA consiste na identificação do Antígeno Prostático Específico, uma proteína produzida pela próstata e que serve como marcador biológico, indicando a presença de câncer e outras doenças.

O urologista determinará a necessidade de se fazer cada um para confirmar a doença. Também é preciso ficar de olho nos sintomas, como dor local e dificuldade para urinar.

Porém, a doença pode demorar muito tempo para manifestar os primeiros sintomas, podendo ser muito difícil tratá-la em um estágio mais avançado. Daí a grande importância de se procurar um médico para realizar o exame preventivo o quanto antes e com regularidade.

Após os 50 anos

Se antes monitorar a pressão arterial, o colesterol, a glicemia e outros fatores, era necessário, a partir dos 50 anos, torna-se uma obrigação. Mesmo porque esses já são problemas recorrentes nessa idade. Entre os exames para homens, o da próstata deve ser feito todos os anos, sem falta, ainda que não exista um histórico familiar da doença.

Além disso, é importante monitorar os índices hormonais, uma vez que a produção começa a cair, encerrando-se completamente em torno dos 60 anos. Isso porque muitos problemas associados podem surgir, como diversos tipos de câncer. Em alguns casos, o médico pode indicar a reposição hormonal, sobretudo da testosterona.

Para tanto, são necessários exames de sangue e testes ergométricos para aferição constante. É importante verificar todos os índices, pois o médico compara os resultados e passa o tratamento adequado para cada paciente.

Uma vez que nessa fase é fundamental ficar de olho nas chamadas doenças concomitantes. É quando uma começa a influenciar na outra, podendo gerar ou agravar um caso.

Enfim, como você pode perceber, existem exames para homens em todas as idades. Mas a verdade é que o mais importante é cuidar da saúde em todos os momentos. Para isso, procure um médico regularmente e, acima de tudo, fique atento a todos os sinais dados pelo seu corpo. Não cogite deixar a sua saúde para depois!

Então, você sabia que era preciso fazer esses exames para homens nas faixas etárias indicadas? Ficou interessado em entender melhor cada um deles? Você está convidado a entrar em contato conosco e tirar todas as suas dúvidas!

Powered by Rock Convert

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Scroll Up