Estética e Cirurgia Plástica

Descubra o que é gota e como tratar!

fevereiro 22, 2019
Tempo de leitura 3 min

 

Dores intensas nas articulações, com inchaço e vermelhidão, podem ser indícios de uma doença inflamatória relativamente comum. Se você sofre com esse problema, precisa saber o que é gota e como é possível tratá-la, procurando um médico imediatamente.

A doença tem cura, mas, para isso, é preciso fazer um diagnóstico precoce, adotando o tratamento adequado e uma rotina mais saudável. Do contrário, ela pode resultar em deformações permanentes nas articulações.

Neste post, mostramos o que é gota, os seus principais sintomas e as formas de tratamento. Continue a leitura e saiba como proceder!

O que é gota?

Trata-se de uma doença inflamatória que afeta, principalmente, as articulações dos membros inferiores, como o tornozelo. Também é conhecida como artrite gotosa, reumatismo nos pés ou doença dos reis.

A gota acontece quando a concentração de ácido úrico no sangue está muito alta, quadro chamado de hiperuricemia. No entanto, ela pode se manifestar de diversas formas, com crises agudas, dor crônica ou até com a formação de cálculos renais que alteram a função dos rins e provocam muitas dores.

O ácido úrico é resultado da degradação natural da purina, um aminoácido. Normalmente, essa substância é excretada pelos rins na urina. No entanto, o excesso pode ficar retido na circulação e se acumular nas articulações.

Pelo fato de produzirem mais ácido úrico, a gota é mais comum nos homens. Sem contar que o estrógeno (hormônio feminino) contribui para a perda da substância nos rins. Por esses motivos, a doença é mais rara em mulheres antes da menopausa.

Quais são os principais sintomas?

Os sintomas da gota costumam ser agudos. As crises podem chegar de repente, sobretudo à noite. Os mais comuns são:

  • dor intensa por cerca de 12 a 24 horas nas articulações dos pés, tornozelos, joelhos e até das mãos e pulsos;

  • desconforto nas articulações depois da crise aguda de dor;

  • inchaço, vermelhidão e suor nas articulações inflamadas.

Caso a pessoa tenha novas crises, ela pode desenvolver a gota crônica, com dor recorrente, lesões e perda dos movimentos. Também podem surgir tofos caroços nas articulações decorrentes do acúmulo de calcário.

Como tratar a doença?

O diagnóstico da gota é feito por meio de diversos exames, como raio-x, análise ou biópsia do líquido sinovial (fluido que preenche as articulações) e exames de sangue para verificar a presença de ácido úrico. Tudo isso é feito juntamente à análise clínica dos sintomas, uma vez que nem toda pessoa com hiperuricemia vai desenvolver a doença.

Depois de confirmado o diagnóstico, o médico pode indicar o tratamento com anti-inflamatórios, analgésicos e medicamentos específicos para reduzir a quantidade de ácido úrico no sangue. Se houver a perda de movimentos e até para aliviar as dores, podem ser indicadas sessões de fisioterapia.

Agora que você sabe o que é gota, também deve entender que o mais importante mesmo é prevenir o problema com a adoção de uma alimentação equilibrada, a ingestão de proteínas na quantidade adequada e a prática de exercícios físicos. De qualquer forma, procure um médico assim que os primeiros sintomas se manifestarem.

Gostou de saber o que é gota e quer conferir mais posts sobre saúde e bem-estar? Então, leia também nosso artigo com as principais opções de tratamento para o refluxo em idosos!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário

Scroll Up