Como calcular o ROI da franquia agora?

Tempo de leitura 6 min

Você aplicou dinheiro em um negócio e deseja avaliar se ele está sendo lucrativo? Obter retorno sobre uma aplicação é o que os investidores mais querem. Mas como calcular o ROI da franquia, afinal? De antemão, saiba que uma série de variáveis deve ser levada em conta, como taxas obrigatórias e o próprio ponto comercial.

Outro fator precisa ser destacado: leva tempo para gerar uma receita que custeie as despesas. Portanto, é fundamental avaliar, antes de investir, qual a perspectiva de lucro de um negócio. A boa notícia é que o retorno médio de uma franquia pode chegar a 23%, variando conforme o segmento e, até mesmo, o perfil do franqueado.

Neste artigo, explicarei o que é ROI, de que forma utilizá-lo no planejamento estratégico, qual a sua importância, o que avaliar antes de obter o seu resultado e como calcular o ROI da franquia. Boa leitura!

O que é ROI?

Como a própria sigla sugere, o retorno sobre o investimento (ROI) significa a rentabilidade que o franqueado terá, em um período determinado, a partir da aplicação feita. Trata-se de um dos principais indicadores de uma empresa, afinal de contas, qualquer investidor deseja saber o lucro que obterá ao investir.

Como utilizar o ROI no planejamento estratégico?

Sabendo qual é a perspectiva de lucro a partir do cálculo do ROI, o franqueado terá condições de planejar o seu negócio de maneira estratégica. Isso poderá ser feito a qualquer momento, ou seja, tanto na fase em que o valor investido ainda não foi recuperado como no período em que a aplicação começar a trazer resultados satisfatórios.

Afinal, o ROI de uma franquia é um indicador que oferece ao investidor respaldo para que os recursos sejam utilizados de forma inteligente. Contudo, é fundamental levar em conta outras variáveis, como o valor das taxas a serem pagas ao franqueador e o capital de giro reservado para manter a empresa abastecida.

Qual a importância do ROI para a franquia?

O ROI é extremamente relevante na definição orçamentária de uma franquia. Além disso, tal indicador serve como um parâmetro para que o franqueado compreenda qual tipo de ação gera mais ou menos lucro e quais estratégias podem ser pensadas para otimizar o negócio.

Abaixo, separei uma lista das principais razões pelas quais você deve levar em consideração esse indicador ao analisar os resultados de sua franquia. Veja!

  • auxilia na tomada de decisões mais eficazes;
  • dá respaldo para avaliar o andamento dos negócios;
  • permite a comparação com demais indicadores da franquia;
  • oferece uma maior segurança ao franqueado;
  • favorece a sustentabilidade da franquia;
  • possibilita traçar planos de crescimento em conformidade com as potencialidades do negócio.

O que levar em conta ao fazer o cálculo do ROI?

Quem investe na abertura uma franquia quer saber qual retorno terá sobre a aplicação — aliás, ao apostar em um negócio, é fundamental avaliar, antes, a perspectiva de lucro que ele oferecerá. Para tanto, o franqueado deve levar em conta uma série de variáveis, as quais estão embutidas no cálculo do ROI. Saiba, a seguir, quais são elas!

Taxa de franquia

A taxa de franquia é um valor obrigatório e único que deve ser pago na hora de assinar o contrato. Assim, o franqueado tem direito a utilizar determinada marca. Trata-se de uma quantia significativa, logo, precisa estar inclusa no cálculo do ROI.

Capital de giro

Como você deve saber, o capital de giro é a quantia necessária para manter uma franquia em operação. Inclusive, esse tipo de reserva é essencial para a sobrevivência de qualquer negócio. Logo, o franqueado precisa separar um percentual do valor investido, o qual será utilizado para manter o estoque da unidade e pagar fornecedores, por exemplo.

Royalties

Permitidos por lei, os royalties são o pagamento periódico pelo uso de uma marca ou do sistema de redes de franquias. Eles são cobrados, também, pelos serviços prestados pelo franqueador. Em geral, a quantia é recolhida mensalmente, sendo estipulado um percentual sobre o faturamento bruto. Sendo assim, é importante verificar, previamente, as condições.

Ponto comercial

É responsabilidade do franqueado a escolha do ponto comercial. Aliás, a decisão precisa ser estratégica, já que o local de funcionamento deve ser acessível ao público interessado nos serviços. Também é necessário analisar qual a melhor alternativa: comprar ou alugar o imóvel. Lembre-se de levar em conta os gastos com reformas, manutenção e instalação.

Salário dos colaboradores

Por mais que uma franquia seja pequena, é de bom tom ter, ao menos, uma recepcionista para organizar sua agenda, atender aos clientes e manter o local minimamente apresentável. Inclusive, o seu negócio poderá deixar de decolar sem a presença desse colaborador. Obviamente, a contratação gerará custos empregatícios, que deverão entrar no cálculo do ROI.

Outras despesas

Energia elétrica, água e pagamento de impostos são exemplos de despesas que também precisam ser incluídas na hora calcular o ROI. Assim, você terá um resultado extremamente preciso do tempo que levou para começar a lucrar com o investimento de sua franquia.

Afinal, como calcular o ROI da franquia?

Se você quer descobrir como calcular o ROI da franquia, saiba que para isso existe uma fórmula. Assim, o resultado do retorno sobre o investimento é conseguido da seguinte maneira:

  • ROI = (Lucro do Investimento – Custo do Investimento) / Custo do Investimento*100

Como pôde perceber, basta subtrair o lucro pelo custo investido. Em seguida, divida o resultado pelo valor da aplicação inicial e, por fim, multiplique por 100. A resposta obtida diz respeito ao percentual de ganhos a partir do investimento realizado na franquia.

Caso tenha investido R$ 10 mil e alcançado uma receita de R$ 18 mil, o seu retorno terá sido de 80%. Veja a fórmula!

  • ROI = (18.000 – 10.000) / 10.000*100 = 80%

E então, já sabe como calcular o ROI da franquia? Lembre-se que, para fazer as contas de forma correta, é preciso somar todos os valores da aplicação previamente. Com o resultado em mãos, cabe ao franqueado realizar um planejamento financeiro que envolva o uso inteligente e estratégico da quantia alcançada. Assim, poderá expandir os negócios e lucrar cada vez mais.

Agora que está a par de como fazer o cálculo do ROI de sua franquia, que tal descobrir como atender melhor os seus pacientes? Veja o que eles levam em conta na hora de escolher uma clínica médica!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Scroll Up