Saúde do Homem

6 sintomas do câncer de próstata que você precisa estar atento

novembro 7, 2019
Tempo de leitura 6 min

Sangue na urina, dor nas costas e fadiga são alguns dos principais sintomas do câncer de próstata. É preciso ficar atento a eles, pois as chances de cura são grandes quando o diagnóstico é feito precocemente. O problema é que, em geral, tais sinais só se manifestam em uma fase avançada da doença.

Por esse motivo, a visita ao médico deve ser feita com regularidade para prevenir o câncer. Quem tem histórico familiar da doença ou chegou aos 50 anos deve redobrar os cuidados e realizar os exames específicos para identificar qualquer alteração na região — ainda que os sintomas sejam nulos.

Neste artigo, vamos explicar com detalhes o que é câncer de próstata, quais as causas, como diagnosticá-lo, quais os principais sintomas e as formas de tratamento. Confira!

O que é câncer de próstata e qual a causa?

O tumor que atinge a próstata é denominado câncer de próstata. Essa glândula fica localizada abaixo da bexiga, na região em que a uretra passa até chegar ao orifício externo do pênis. Com a multiplicação acelerada de células no local, há o comprometimento dos tecidos e dos órgãos por via sanguínea ou linfática.

Depois do câncer de pele, o de próstata é o que mais acomete os homens — principalmente com o avanço da idade, a partir dos 50 anos. Outros fatores relacionados ao seu aparecimento são o histórico da doença na família, o sobrepeso e a obesidade, o sedentarismo, a má alimentação, a poluição ambiental, os níveis de estrogênio e a etnia (negros têm mais chances de desenvolvê-lo).

Como diagnosticá-lo?

Para identificar qualquer alteração na próstata, é preciso realizar dois exames, o toque retal e a dosagem do PSA. Em caso de variação, uma biópsia deve ser feita para verificar se há tumor e se ele é maligno. Se o resultado for confirmado, procedimentos laboratoriais são executados para constatar o tamanho e a presença ou não de metástases.

Vale lembrar que os procedimentos iniciais não são suficientes para confirmar o câncer, mas eles são importantes para detectar aumento da glândula ou alteração da proteína prostática. Além disso, esses métodos são complementares, logo, ao contrário do que é popularmente disseminado, um não substitui o outro.

Mesmo que não existam sintomas, homens a partir dos 40 (com risco elevado de desenvolver a doença) ou 50 anos devem realizar o exame de toque e a medição do PSA anualmente ou a cada dois anos como forma preventiva. Porém é preciso se atentar também aos sinais do câncer de próstata e procurar o médico de imediato para o diagnóstico e o tratamento precoces.

Quais os principais sintomas do câncer de próstata?

Em geral, o câncer de próstata é silencioso, por isso todo homem deve fazer exames regularmente para averiguar se a saúde está em dia. Os sinais da doença costumam aparecer quando ela está em um estágio avançado. Saiba, a seguir, quais são eles.

1. Sangue na urina

Um sinal de que a nossa saúde está sob controle é quando a urina sai transparente. Portanto, caso você note a presença de sangue ao urinar, é preciso procurar o médico para investigar a causa. Chamado no linguajar da Medicina de hematúria, esse é um dos sintomas do câncer de próstata mais comuns.

2. Excesso de micção

Você sente necessidade de urinar sempre? Quando vai ao banheiro, a quantidade de líquido expelido é maior do que o normal? O excesso de micção também é um dos indícios do câncer de próstata, logo é preciso ficar atento a esse sinal. Outro possível diagnóstico é a hiperplasia prostática benigna (HBP), um crescimento benigno da glândula.

3. Perda de peso

Quando estão com algum problema de saúde, algumas pessoas começam a perder peso sem motivo aparente, ainda que os hábitos alimentares e de vida permaneçam os mesmos. Esse é um sintoma não apenas do câncer de próstata, mas também de outras doenças graves. Investigar a causa o mais rápido possível é essencial para a busca adequada da solução.

4. Sensação de queimação na uretra

Os sintomas do câncer de próstata incluem também a sensação de queimação na uretra, canal que dá passagem à urina e ao esperma. Há quem encare tal incômodo como algo passageiro e protele a ida ao médico. Porém a recorrência dessa manifestação deve ser levada a sério, pois sinaliza a fase avançada da doença.

5. Fadiga

Sentir cansaço ao fazer o mínimo de esforço é um aviso de que existe alguma alteração em seu organismo. A fadiga está relacionada a doenças mentais e físicas, e também é um dos sintomas do câncer de próstata. Se ela estiver associada a outros sinais da doença, as chances de um diagnóstico que a confirme são ainda maiores. Portanto procure o médico para investigar esse problema.

6. Dores nas costas, nos testículos e na pélvis

Desconforto nos órgãos do sistema reprodutor masculino ou na área ao redor é mais um sinal de alerta para o câncer de próstata. Quando a doença evolui, é comum sentir, ainda, dor óssea — principalmente na região das costas. Esse é um sintoma da presença de metástases, o que vai exigir métodos terapêuticos específicos para reverter o quadro.

Quais as formas de tratamento?

Existem diferentes tipos de terapias para tratar o câncer de próstata, sendo que elas podem ser combinadas ou não. Quem decide pelo melhor método é o médico urologista, de acordo com a idade do paciente, o tamanho e a classificação do tumor. O acompanhamento clínico menos invasivo, por exemplo, é indicado para idosos com evolução lenta da doença.

Se o tumor estiver localizado apenas na próstata, a recomendação é fazer a prostatectomia radical. Esse tratamento consiste na remoção completa da glândula e é realizado por meio de cirurgia por laparoscopia convencional (isto é, com corte via perineal ou retropúbica) ou laparoscopia assistida por robô.

Tal procedimento tem o objetivo de curar o câncer, assim como a radioterapia — outra alternativa adotada para tratar a doença. No caso de metástase, é preciso recorrer à hormonoterapia, técnica aplicada para o organismo deixar de estimular o crescimento do tumor. Porém, se não houver resposta a esse e aos outros tratamentos, o paciente deve passar por sessões de quimioterapia.

Agora você sabe quais são os sintomas do câncer de próstata mais comuns. Ainda que tudo pareça estar em ordem, não deixe de visitar o médico regularmente para realizar os exames preventivos. Lembre-se de que, na maior parte dos casos, os sinais manifestam-se apenas na fase avançada, logo é fundamental fazer o acompanhamento a fim de identificar precocemente a doença.

E então, está com seus exames em dia? Caso necessite de um check-up completo ou uma avaliação especializada, entre em contato com a PartMed para ter acesso a consultas e exames rápidos e com a segurança que você merece!

 

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário

Scroll Up